sábado, 24 de junho de 2017

Nada Simples

Aprendi a ter palavras simples.
Eram simples também os sentimentos, por isso não fazia mais sentido flertar com a prolixidade. É assim que o amor é, quando despido.
Problema é que, na simplicidade, esqueci-me. E isso é mesmo rotineiro, já sabemos, certo?
Não sou simples. Sou embaraçada demais para ser.
Ninguém jamais será capaz de dizer o contrário. E isso é o mais literal que algo pode ser quanto a algo não ser necessariamente bom ou mau…
Não vai haver neste mundo quem desate meus nós. E isso é algo maravilhosamente admirável!